+55 16 3945-2732
Aceitamos financiamento BNDES
15/01/2015

Após queda, açúcar tem nova alta em NY e Londres

voltar
Ján Messaros, SXC
Nesta terça-feira (13), o açúcar voltou a subir no mercado internacional. Na bolsa de Nova York, no vencimento março/15, a commodity foi cotada a 14,87 centavos de dólar por libra-peso. Uma valorização de 11 pontos. Também houve alta nas outras telas.

Na bolsa de Londres, a tonelada do açúcar subiu 3,10 dólares no vencimento março/15. A commodity foi comercializada a US$ 391,80. Na tela maio/15, a alta foi de 2,60 dólares, negociada a US$ 397,50.

Mercado interno

No mercado doméstico, os preços se mantiveram em baixa. Segundo índices do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), da USP, a saca de 50 quilos do tipo cristal fechou com queda de 0,57%, e negócios firmados em R$ 50,73.

Segundo os pesquisadores do Cepea/Esalq, a necessidade de "fazer caixa" das usinas elevou a oferta de açúcar neste mês e pressionou os valores no spot paulista. Apesar disso, a valorização expressiva do primeiro vencimento da Bolsa de Nova York e na Bolsa de Londres ao longo da semana passada animou os produtores brasileiros. Mesmo com o Real se valorizando no período, as negociações spot para exportação do açúcar cristal estiveram mais aquecidas.

Etanol

Os preços do etanol hidratado voltaram a cair ontem, segundo índices da Esalq/BVMF. O biocombustível foi comercializado a R$ 1.220,50 o metro cúbico, baixa de 0,04%.

Ainda de acordo com o Cepea, o mercado paulista de etanol esteve mais movimentado na última semana. As distribuidoras adquiriram volume expressivo do combustível, principalmente de hidratado, visando à reposição dos estoques. As vendas de combustíveis de dezembro superaram as expectativas em alguns casos. Apesar da maior liquidez, os preços no atacado paulista seguiram praticamente estáveis.


Fonte: Udop