+55 16 3945-2732
Aceitamos financiamento BNDES
16/10/2014

Complexo sucroalcooleiro movimenta US$ 5,03 bilhões com exportações em SP

voltar
Svilen Milev, SXC
De janeiro a setembro de 2014, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$ 38,50 bilhões (22,2% do total nacional), e as importaçõesUS$ 65 bilhões (37,3% do total nacional), registrando déficit de US$ 26,50 bilhões. Os cinco principais grupos nas exportações do agronegócio paulista, no período foram: complexo sucroalcooleiro (US$ 5,03 bilhões, com as exportações de álcool representando 12,4% desse total); carnes (US$ 1,93 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 79,9%); complexo soja (US$ 1,44 bilhão); sucos (US$ 1,28 bilhão, dos quais 98,2% referentes a sucos de laranja); e, produtos florestais (US$ 1,24 bilhão). Esses cinco agregados representaram 79,7% das vendas externas setoriais paulistas. As informações são do Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
 
O agronegócio paulista apresentou exportações decrescentes (-13,8%), atingindo US$ 13,71 bilhões. As importações aumentaram (+0,9%), somando US$ 4,58 bilhões, e o saldo, de US$ 9,13 bilhões, foi 19,6% menor que o do período de janeiro a setembro do ano de 2013. A participação das exportações do agronegócio paulista no total do Estado diminuiu 2,5%, enquanto a participação das importações aumentou 0,2%, na comparação dos períodos de janeiro a setembro de 2013 e 2014.


Balança comercial brasileira
 
A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 0,70 bilhão de janeiro a setembro de 2014, com exportações de US$ 173,63 bilhões e importações de US$ 174,33 bilhões. Os cinco principais grupos do agronegócio brasileiro nas exportações de janeiro a setembro de 2014 foram: complexo soja (US$ 29,24 bilhões); carnes (US$ 12,84 bilhões); complexo sucroalcooleiro (US$ 7,52 bilhões); produtos florestais (US$ 7,38 bilhões); e café (US$ 4,68 bilhões). Esses cinco agregados responderam por 81,2% das vendas externas do agronegócio nacional.
 
Em relação ao agronegócio brasileiro, as exportações setoriais de São Paulo no período de janeiro a setembro de 2014 representaram 18,1%, ou seja, menos 2,3% que em igual período de 2013, enquanto as importações representaram 36,1%, sendo 0,3% à representatividade verificada no mesmo período do ano anterior, segundo o IEA.


Fonte: Jornal da Cana, escrito por Andreia Moreno