+55 16 3945-2732
Aceitamos financiamento BNDES
03/07/2015

Tecnologia de pesagem de carga será aplicada nas rodovias brasileiras em 2017

voltar
Imagem retirada de http://www.cnt.org.br/Paginas/Agencia_Noticia.aspx?noticia=tecnologia-pesagem-carga-sera-aplicada-rodovias-brasileiras-ate-2017-dnit-transporte-rodoviario-02072015
Um novo modelo de posto de pesagem desenvolvido pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), em parceria com o LabTrans (Laboratório de Transportes e Logística) da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), será implementado nas rodovias federais das cinco regiões do Brasil.

A expectativa é que os 35 primeiros PIAFs (Postos Integrados Automatizados de Fiscalização) entrem em operação no início de 2017.

De acordo com o DNIT, atualmente, há 73 PPVS (Postos de Pesagem Veicular) em funcionamento no país, que foram construídos na década de 1970 e fazem o controle de pesagem manualmente por agentes de trânsito. Destes, 41 são fixos e 32 móveis.

Os 35 PIAFs licitados serão instalados em rodovias administradas pelo governo federal em 14 estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Pará, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Os postos devem ser instalados o mais próximo possível das regiões geradoras de carga para impedir que veículos trafeguem com excesso de peso e danifiquem o pavimento das rodovias. Além dos 35 postos licitados, outras 27 unidades já foram validadas e 64 potenciais locais foram identificados pelo DNIT.

De acordo com o coordenador-geral de Operações Rodoviárias do DNIT, Alexandre Castro Fernandes, o objetivo da instalação dos postos é otimizar a fiscalização do excesso de peso em veículos de carga. “A tecnologia envolvida garante mais agilidade no controle do excesso de peso ao fiscalizar os veículos enquanto trafegam na rodovia na velocidade normal da via”, afirmou Fernandes, durante o Workshop Controle de Sobrepeso: Políticas e soluções tecnológicas, realizado nos dias 24 e 25 de julho no auditório do DNIT.

PIAFs
O novo modelo de fiscalização dos PIAFs poupa tempo dos caminhoneiros que transportam a quantidade de carga correta e possibilita a operação sem a presença física do agente de trânsito, que passa a exercer suas atividades em Centros de Controle Operacionais. A tecnologia do sistema de pesagem em movimento por meio de sensores de escâner a laser e as câmeras instaladas nas rodovias garantem mais agilidade no controle do excesso de peso ao fiscalizar os veículos enquanto trafegam sem a necessidade de reduzir a velocidade dos caminhões.

Além disso, os postos também diminuem o tempo de parada dos veículos nas balanças, pois os agentes da Estação de Controle selecionam, previamente, os caminhões com indicativo de excesso de peso, de dimensões ou outras irregularidades que serão orientados por meio de painéis eletrônicos a reduzir a velocidade e passar pela balança de precisão no posto de fiscalização. O sistema conta, ainda, com unidade de Controle de Fuga em pista.


Fonte: Agência CNT de Notícias, escrita por Jane Rocha