+55 16 3945-2732
Aceitamos financiamento BNDES
17/07/2014

Vale reduzirá investimentos para US$ 5,8 bilhões em 2018

voltar
Svilen Milev, SXC
A Vale deve reduzir investimentos para US$ 5,8 bilhões em 2018, ante os US$ 13,8 bilhões estimados para este ano, informou a empresa a analistas de mercado em teleconferência realizada nesta sexta-feira. Após 2018, a mineradora prevê crecimento dos investimentos, que devem ficar na faixa de US$ 8 bilhões a US$ 10 bilhões ao ano. As cifras se referem tanto a recursos em execução de projetos como em manutenção das operações existentes.
 
Entre 2014 e 2018, a redução ocorre principalmente devido à desaceleração dos investimentos em projetos em execução. Nesse período, eles passarão de US$ 9,3 bilhões a US$ 700 milhões. O projeto de expansão de Carajás (PA), batizado de S11D, é o que consumirá a maior parte desses recursos, com pico em 2015.
 
O S11D é a grande aposta da Vale para elevar sua produção de minério de ferro. Sua capacidade de produção será de 90 milhões de toneladas por ano. Em 2013, a produção da companhia foi de 299,7 milhões de toneladas. A previsão é que o projeto inicie operação no segundo semestre de 2016.
 
Mês passado, a cotação do minério de ferro caiu a US$ 89 a tonelada no mercado spot (à vista) chinês, menor patamar em quase dois anos, o que acendu o sinal amarelo no mercado. Mas a projeção de muitos analistas é que a média do ano fique acima de US$ 100.


RESULTADO SERÁ DIVULGADO NO FIM DO MÊS
 
A teleconferência convocada pela Vale visava justamente a dar um panorama da empresa e a tirar dúvidas quanto aos possíveis impactos da osiclação da cotação no desempenho financeiro da empresa. Ela divulga o resultado do terceiro trimestre em 31 de julho.
 
A Vale também informou aos analistas que estuda quatro novos projetos de minério de ferro em Minas Gerais (Fábrica, Jangada, Mariana e ITM S Pico). Juntos, eles terão capacidade para 95 milhões de toneladas por ano. Esses projetos ainda não foram aprovados pelo Conselho de Administração.


Fonte: O Globo, escrito por Danielle Nogueira